Blog mgitech

Quanta produtividade suas operações logísticas perdem por terem equipamentos obsoleto

Operações Portuárias

Quase todas as empresas fazem contas e consideram cuidadosamente os custos de comprar novos equipamentos e investir em tecnologia, mas você alguma vez já pensou nos custos de não fazer este investimento? Pode parecer que não, mas muitas vezes a empresa perde mais do que economiza ao não investir em tecnologias e inovação – e estes custos vão além do financeiro.

Desde queda de produtividade a interrupções nas operações, além do aumento dos gastos com manutenção, a falta de investimento adequado prejudica a empresa de diversas formas, nem todas são facilmente perceptíveis, o que pode gerar problemas em diversas áreas da empresa, desde vendas e relacionamento até a própria logística. Confira a lista a seguir para descobrir quais problemas são comumente originados por equipamentos obsoletos:

  • Insatisfação da equipe: aparelhos obsoletos tendem a serem lentos, travarem com facilidade e terem menos eficiência operacional, o que é fonte comum de insatisfação dos funcionários. Além disso, muitos são pesados e menos ergonômicos, o que aumenta o cansaço e diminui a produtividade do colaborador;
  • Planejamento menos preciso: estimativas de tempo e prazos não podem ser tão precisas pois o sistema de gestão antigo não oferece opção de análise de dados avançada em tempo real, o que limita a efetividade das previsões e do planejamento de operações;
  • Atendimento e relacionamento: uma logística ruim pode limitar os prazos de entrega, gerar atrasos e ocasionar erros, que prejudicam o relacionamento com o cliente e podem tornar difícil ou até impossibilitar a fidelização, além de danificar a imagem da empresa como um todo;
  • Dosagem ruim do estoque: excesso de estoque gera custos desnecessários e perdas, enquanto a falta dele pode limitar as vendas, e ambos são problemas associados a um sistema ruim de gestão de armazenagem. Para evitar, invista em um sistema avançado de controle e administração, que dê visão clara de entradas e saídas, facilitando o planejamento de recursos;
  • Falhas técnicas: o problema operacional clássico. As falhas resultam em registros errados ou corrompidos, travamentos, retrabalhos e uma operação mais lenta e ineficaz de forma geral, o que não só torna o trabalho mais lento, mas também menos consistente.

Não deixe sua empresa vulnerável a erros, ineficiência, e problemas com seu cliente: invista de forma consciente em melhorias de sistemas e equipamentos e otimize suas operações oferecendo melhores recursos para seus profissionais, que responderão com mais engajamento e melhor produtividade.

New Call-to-action

COMENTÁRIOS

Resultado da busca