HOME
MGITECH

Nos últimos anos, as empresas vêm passando por um profundo processo de modernização. Nesse contexto, estão presentes equipamentos e sistemas que trazem agilidade, produtividade, redução de custos e uma tomada de decisão mais assertiva. Entre os dispositivos capazes de agregar mais eficiência à operação de setores como varejo, distribuição, logística e indústria estão os coletores de dados.

Esses equipamentos agilizam significativamente o tempo dos colaboradores, pois os mesmos passam a coletar informações cruciais dentro de poucos segundos, enviando-as na sequência para os sistemas de gerenciamento.

Apesar de serem equipamentos conhecidos, muitos empreendedores ainda não têm uma visão completa sobre sua utilização, bem como o potencial desses equipamentos. Esse é o seu caso? Então acompanhe o nosso post, pois é justamente sobre isso que vamos falar!

Como os coletores de dados agilizam o processo de sua empresa

Para que as organizações compreendam melhor o funcionamento dos coletores de dados, também conhecidos como computadores portáteis, listamos algumas formas de utilização dessa tecnologia em diversos setores. São elas:

Gerenciamento de estoque e armazéns

Todo armazém ou organização que trabalha com estoque, como é o caso de transportadoras, varejistas, fabricantes e atacadistas, precisa ter processos minuciosos para o gerenciamento de itens. Nesse aspecto, os coletores de dados podem ajudar em atividades como:

  • Criação e monitoramento de inventário de estoque;
  • Separação de produtos para atendimento de pedidos;
  • Conferência de entradas e saídas;
  • Controle de qualidade;
  • Levantamento das necessidades de compras;
  • Prevenção de falta de produtos em estoque; e
  • Controle de estoque, minimizando a perda de mercadorias.

Entre os terminais móveis equipados com teclado físico, leitor de código de barras, QR codes e/ou RFID que podem ser usados com essa finalidade estão o EDA 61k, da Honeywell, e o RK25, da CipherLab. 

Controle dos pedidos recebidos e enviados

Um dos processos logísticos mais importantes para uma empresa é o monitoramento dos pedidos recebidos e enviados, o que pode ser feito com o apoio dos coletores de dados. 

Ao invés de se utilizarem de listas impressas ou planilhas, os responsáveis fazem esse controle  com o auxílio dos equipamentos, transmitindo as informações aos sistemas de gestão. Para atingirem esse objetivo, as organizações podem contar com modelos como o CT60, da Honeywell.

Rastreamento de ativos

O rastreamento de ativos pelos negócios pode ser feito ao adicionarem ou incorporarem uma etiqueta RFID. Com um coletor de dados como o RK25 com um acessório em forma de gatilho que permite leituras RFID, as companhias podem rastrear continuamente as mercadorias e insumos, reduzindo custos, ao mesmo tempo em que aumentam o gerenciamento de estoque e velocidade de processamento.

Fácil coleta de informações dos produtos através dos códigos 

Os coletores de dados eliminam as coletas manuais de informações, agilizando processos, bem como evitando erros e reduzindo desperdício de papéis. Por meio de códigos, é possível levantar informações sobre dimensão, peso, número de itens e outros aspectos que otimizam a gestão e controle empresarial. Para atingir esse objetivo, os modelos da CipherLab e Honeywell são boas alternativas. 

Modernizar a operação depende, em grande parte, dos equipamentos e sistemas adotados pelas organizações. Como você pôde comprovar, investir em coletores de dados traz uma série de vantagens, as quais se refletem em melhores resultados e lucratividade.

Quer saber mais sobre os coletores de dados e quais modelos são mais indicados para o seu negócio? Entre em contato com um dos especialistas da MGITECH!

Envie um comentário

Topicos

Mantenha-se Atualizado